ENTREGA GRÁTIS PARA TODO O SITE.NÃO PERCA!

A CERTIFICAÇÃO COLETIVA (2020)

Processo Civil

Exibindo 1–16 de 126 resultados

  • A CERTIFICAÇÃO COLETIVA (2020)

    R$79,90 R$63,90

    Sinopses:

    Conteúdo sobre:

    – Processo Coletivo
    – Instrumentos para a tutela das situações jurídicas coletivas no direito brasileiro
    – “Certificação” coletiva

  • A TEMPESTIVIDADE DA JUSTIÇA NO PROCESSO CIVIL BRASILEIRO (2020)

    R$99,90 R$84,90

    Sinopses:

    – Reflexões atuais sobre a tempestividade da Justiça
    – Processos e casos famosos demorados
    – Síntese das ideiais principais

    A acentuada conflituosidade que envolve a tempestividade do processo – reproduzindo o que se passa no tempo da vida, fora dos autos – é o tema culminante da obra. Um tema inesgotável, em virtude da amplitude e da variabilidade dessa dimensão conflituosa. O tempo consiste em referência essencial para grande parte das questões processuais. Por um lado, a efetivação de direitos, notadamente os existenciais, cobra rapidez. Por outro, pouca coisa se consegue fazer direito sem o dispêndio de tempo. São incontáveis, assim, as situações de tensão entre o justo clamor por celeridade e o não menos justo anseio por uma melhor qualidade da prestação jurisdicional. Daí a valia do estudo, que acaba tocando, inevitavelmente, nas controvérsias mais agudas da dogmática processual contemporânea, sobretudo a disputa entre garantismo e eficiência.

  • ADVOCACIA PUBLICA E SOLUÇÃO CONSENSUAL DOS CONFLITOS (2018)

    R$69,90 R$39,90

    Há muito nos parece que não é mais possível pensar na solução dos conflitos que envolvam a Administração Pública apenas por meio da solução imposta pelo Poder Judiciário. Pode-se afirmar que o excesso de demandas perante o Judiciário envolvendo a Administração Pública demonstra que a solução de conflitos judicialmente não vem se revelando frequentemente como o mecanismo mais eficiente. Isso porque permanecemos com um número brutal de novas ações anualmente envolvendo o Poder Público, sendo que parcela desses conflitos poderia ser resolvida mais rapidamente e por meios mais adequados. Por exemplo, imaginem-se situações em que se mostra evidente o erro administrativo e a questão já se encontra pacificada por julgado com força vinculante. Em tais hipóteses, permanecer discutindo a questão perante as diversas instâncias dos tribunais seria antieconômico e ainda prejudicaria o direito do administrado, fim público que também merece tutela. Importante registrar que a indisponibilidade do interesse público, clássica lição do direito administrativo, não representa a indisponibilidade do processo. O processo é apenas mais um dos meios para se atingir o interesse público, sendo que muitas vezes não será o melhor mecanismo para tanto, o que precisa ser avaliado a partir das circunstâncias concretas e dos parâmetros objetivos delimitados por cada ente público. Assim sendo, a Administração Pública e a Advocacia Pública vêm entrando na era da consensualidade, buscando, com isso, cumprir os objetivos de eficiência e moralidade administrativas, constantes do artigo 37 da Constituição da República. É desse relevantíssimo tema que a autora procura tratar em seu livro. São analisados detidamente os mecanismos de resolução consensual de controvérsias e os negócios processuais, enfrentando a possibilidade ou não destes últimos em matéria de prerrogativas processuais da Administração Pública. Ademais, é analisado o papel dos precedentes vinculantes sobre o Poder Público.

  • ADVOCACIA PUBLICA E SOLUÇÃO CONSENSUAL DOS CONFLITOS 2ª EDIÇÃO (2020)

    R$74,90 R$59,90

    Sinopses:

    – Conteúdo contendo novas práticas cooperativas introduzidas recentemente pela legislação
    – Cooperação Estatal e Consensualidade Administrativa: fundamentos, modelo de processo, ativismos judicial, entre outros.
    – Advocacia Pública e cooperação
    – Prerrogativas processuais e cooperação estatal
    Há muito nos parece que não é mais possível pensar na solução dos conflitos que envolvam a Administração Pública apenas por meio da solução imposta pelo Poder Judiciário. Pode-se afirmar que o excesso de demandas perante o Judiciário envolvendo a Administração Pública demonstra que a solução de conflitos judicialmente não vem se revelando frequentemente como o mecanismo mais eficiente. Isso porque permanecemos com um número brutal de novas ações anualmente envolvendo o Poder Público, sendo que parcela desses conflitos poderia ser resolvida mais rapidamente e por meios mais adequados. Por exemplo, imaginem-se situações em que se mostra evidente o erro administrativo e a questão já se encontra pacificada por julgado com força vinculante. Em tais hipóteses, permanecer discutindo a questão perante as diversas instâncias dos tribunais seria antieconômico e ainda prejudicaria o direito do administrado, fim público que também merece tutela.
    Importante registrar que a indisponibilidade do interesse público, clássica lição do direito administrativo, não representa a indisponibilidade do processo. O processo é apenas mais um dos meios para se atingir o interesse público, sendo que muitas vezes não será o melhor mecanismo para tanto, o que precisa ser avaliado a partir das circunstâncias concretas e dos parâmetros objetivos delimitados por cada ente público.
    Assim sendo, a Administração Pública e a Advocacia Pública vêm entrando na era da consensualidade, buscando, com isso, cumprir os objetivos de eficiência e moralidade administrativas, constantes do artigo 37 da Constituição da República. É desse relevantíssimo tema que a autora procura tratar em seu livro. São analisados detidamente os mecanismos de resolução consensual de controvérsias e os negócios processuais, enfrentando a possibilidade ou não destes últimos em matéria de prerrogativas processuais da Administração Pública. Ademais, é analisado o papel dos precedentes vinculantes sobre o Poder Público.

  • Codigo de Processo Civil Anotado Comentado e Interpretado Vol.3 (2015)

    R$296,00 R$236,90

    O Código de Processo Civil contempla uma coleção de 3 volumes com um total de 5.000 páginas, sendo o código mais completo comentado do Brasil. A obra tem por finalidade comentar, anotar e interpretar as novas normas (regras e princípios) do novo Código de Processo Civil Brasileiro, além de apresentar as fontes estrangeiras de modificação das normas processuais (Portugal, Alemanha, Espanha, Itália, Argentina etc.). Também houve a inserção das Jurisprudências brasileiras, (S.T.J. e S.T.F.) que serviram de inspiração para a alteração e modificação das normas processuais, até então existentes no Código de Processo Civil brasileiro de 1973. O Código de Processo Civil é uma obra elaborada e desenvolvida por um autor, Artur César de Souza, Juiz Federal, Professor Universitário e Pós-Doutor em Direito, sem colaboradores, o que mantém uma sequência lógica de ideias e de pensamento. O Volume I traz um estudo da parte geral com os artigos 1 a 317).

  • CODIGO DE PROCESSO CIVIL E LEGISLAÇÃO EXTRAVAGANTE ANOTADOS 7ª EDIÇÃO (2020)

    R$129,90 R$89,90

    Sinopses:

    – Lei 13.874/2019 – Lei de Liberdade Econômica
    – Lei 13.964/2019 – Pacote Anticrime

    Novos enunciados editados pelo FPPC e pela Jornada de Processo Civil do CJF
    – CPC e Legislação extravagante anotados
    – Informativos e julgados importantes do STJ e STF referentes ao CPC
    – Referências doutrinárias referente ao CPC
    – Tabela de correspondência de artigos (CPC 2015 X CPC 1973)
    – CPC
    – Legislação extravagante:
    Lei da Medida Cautelar Fiscal (Lei 8.397/1992);
    Lei de Execução Fiscal (Lei 6.830/1980);
    Lei do Mandado de Segurança (Lei 12.016/2009);
    Lei 9.099/1995 (Lei dos Juizados Especiais Cíveis);
    Lei 10.259/2001 (Lei dos Juizados Especiais Federais);
    Lei 12.153/2009 (Leis dos Juizados Especiais da Fazenda Pública)

    Remissões no CPC:

    CF/88
    CPC – outros artigos do próprio CPC/2015
    Legislação nacional e estrangeira
    Súmulas do STF/STJ/TST
    Enunciados administrativos do STJ
    Enunciados do CJF
    Resoluções do STF, TSE, CNJ e CNMP
    Enunciados do FPPC e ENFAM
    Informativos e julgados importantes do STJ e STF
    Referências doutrinárias
    Remissões na legislação extravagante:
    Súmulas do STF/STJ/TST
    Resoluções do STF, TSE, CNJ e CNMP
    Enunciados do FPPC, ENFAM e FONAJE

  • COMO COMBATER A CORRUPÇÃO EM LICITAÇÕES (2018)

    R$85,00 R$67,90

    Quando se fala sobre fraude em licitações logo vem à cabeça a palavra “corrupção”. A associação é quase imediata. Direcionamento, combinação, conluio, cartel. Tudo isso está intimamente relacionado à ideia de fraude nas compras e contratações públicas. E esse assunto tem dominado o noticiário. Fala-se muito sobre o tema. Mas pouco se fala sobre como detectar as fraudes ou como evitar que elas aconteçam. É disso que trata este livro. Técnicas para detecção, ensinando a combater as fraudes mais comuns. E técnicas para prevenção, ensinando a reduzir os riscos mais críticos. Com isso, esperamos ampliar o debate sobre o tema, procurando alcançar a compreensão do problema e as possibilidades de solução.